A implementação de um ERP para empresas globais apresenta grandes desafios. Quais são as 5 principais questões que devem ser analisadas para que as implementações sejam exitosas e dentro de prazos e orçamentos estabelecidos?

É de se considerar que o processo de globalização tenda a se aprofundar ainda mais nas próximas décadas, dada ao contexto de maior facilidade de comunicação de marcas e produtos proporcionado pela internet, possibilitando o acesso fácil à comercialização de bens e serviços em qualquer lugar do planeta, como também pela ampliação da infraestrutura logística, cada vez mais eficiente e acessível.

Levando em consideração a lógica da economia de escala, as empresas que apresentam sucesso em seus países de origem veem a ampliação de seus negócios além das suas fronteiras como um passo natural para manutenção do seu crescimento e rentabilidade.

Dentro desse cenário, os Sistemas ERP (Sistemas de Gestão Empresarial) ocupam um papel fundamental em garantir que os processos de negócio que suportam a gestão da empresa, fluam de modo padronizado, otimizado e íntegro, gerando disponibilizando informações gerenciais relevantes para a tomada de decisões.

Se o processo de implementação de um ERP considerando somente um país já apresenta uma série de questões e desafios a serem enfrentados, ao se pensar em sua utilização em vários países, outros aspectos necessitam ser tratados para que os resultados esperados sejam alcançados.