foto change requests

Não deixe os change requests nocautearem seu escopo!

Um dos desafios quando se contrata um projeto fechado, é ter certeza que o escopo acordado entre as partes está claro e contém tudo o que o cliente precisa.

Deve haver um esforço, durante a fase de pré-venda, para que as maiores dores e necessidades do cliente estejam mapeadas no escopo original do projeto. Assim, é possível montar um escopo fixo do trabalho e consequente custo e prazo, para que possa ser feita uma proposta considerando um Projeto Fechado.

Dependendo da complexidade do projeto, é esperado que apareçam Change Requests.

No inicio do projeto, quando começamos a detalhar as necessidades do usuário, nos aprofundando no negócio do cliente, Changes Requests podem surgir.

Cada Change Request deve ser analisado em conjunto pelos gerentes do Projeto – Gerente da Empresa Prestadora do Serviço e o Gerente do Cliente. Nesta hora, a proposta assinada deve guiar as decisões do projeto, para que não haja dúvidas se o Change Request solicitado já estava ou não contemplado no escopo original.

Uma vez que tenha chegado à conclusão que o Change Request é válido seus prós e contras devem ser considerados: é uma exigência do negócio ou é um aspecto desejável apenas? há condições e alternativas de implementá-lo utilizando as parametrizações e programas standards? a solicitação pode ser implementado em uma segunda fase do projeto?

Um grande número de Change Requests indica uma falha durante a fase de pré-venda e garantia de stress ao projeto, deixando toda a equipe – cliente e consultoria – desconfortáveis.

Invista em uma boa pré-venda e levantamentos, antes de assinar a proposta. Apresente sua proposta ao cliente, discutindo cada item que será implementado.

Change Resquests não são vilões do projeto, mas sua quantidade deve ser limitada e sua eficácia e necessidade comprovadas.

1804, 2017

E-procurement – 3 motivos para essa tecnologia fazer parte do seu dia a dia.

abril 18th, 2017|0 Comments

Prazos apertados, forte pressão por redução de custo, necessidade de avaliar a qualidade dos mais diversos fornecedores, orçamentos restritos dificultando ainda mais as negociações.

Esses são apenas alguns dos desafios que as áreas de Suprimentos enfrentam […]

2103, 2017

Computação em nuvem – Como a Oracle Cloud Brasil vai revolucionar seu processo de negócio.

março 21st, 2017|0 Comments

A solução Oracle Cloud Brasil está totalmente alinhada a  nova era tecnológica quevem mudando gradativamente a gestão de empresas, pessoas, custos e processos de negócio, a era cloud.

Com o auxílio de diversas tecnologias analíticas, componentes […]

702, 2017

Gestão da cadeia de suprimentos – Como inovar para sua Indústria.

fevereiro 7th, 2017|0 Comments

De acordo com indicadores e estudos realizados recentemente, as indústrias de manufatura vem investindo fortemente na criação de novos produtos, como instrumento de manutenção da competitividade.

O processo, desde a concepção até sua disponibilização do mercado […]

2501, 2017

Versão da NF-E 4.0 será homologada em 2017.

janeiro 25th, 2017|2 Comments

A NF-E 4.0 será uma atualização feita diante às necessidade de alterações constantes que acabam se acumulando, e demandando uma nova versão nacional.

Isso acontece por quê a Secretaria da Fazenda traça, de tempos em tempos, pequenas […]