Oracle Jd Edwards summit 2016

Oracle JD Edwards summit event photo

O evento Oracle Jd Edwards summit 2016:

Para quem não conhece, ou ainda não teve a oportunidade de participar, o Oracle JD Edwards Summit é uma reunião organizada pela Oracle, para toda a comunidade de parceiros JD Edwards. Durante uma semana são oferecidas diversas palestras e workshops para apresentação das novidades liberadas no ERP, bem como o planejamento futuro das novas versões (roadmap do produto). Todo ano, apesar do frio, p Oracle Jd Edwards summit sendo sediado em Broomfield, Colorado.Países do mundo inteiro participam. Este ano, havia 663 inscritos de 31 países diferentes.

Durante o Oracle Jd Edwards summit, fomos apresentados a novos conceitos; a outros, antigos, mas melhorados; a novos módulos e ao futuro planejado para o  Oracle JD Edwards.

As novidades do Oracle Jd Edwards summit 2016:

Internet of Things:

É algo que se vem falando desde o ano passado. A Oracle investiu no IoT Orchestrator que permite, a partir do recebimento dos dados que estão no campo, filtrar e transformá-los em informações de valor para a tomada de decisão. Como, por exemplo: medir a temperatura dentro de um ambiente controlado ou acompanhar, via GPS, a localização dos produtos durante toda a cadeia de suprimentos e dentro do próprio chão de fábrica. Imagine poder saber, de antemão, que a temperatura de uma área refrigerada onde há milhares de reais estocados está subindo, e precisa que alguém faça uma manutenção corretiva. Ou poder acompanhar o seu estoque desde a saída de seu armazém até o recebimento no cliente.

Mobile:

A quantidade das aplicações mobile disponibilizadas pela Oracle vem aumentando a cada ano, e a modalidade “off-line” da Entrada de Pedidos de Vendas é algo que está planejado para o futuro. Esta é a nova aposta da Oracle: permitir a utilização dos dispositivos móveis em modo off-line, para várias aplicações JD Edwards.

Cloud:

A Oracle continua investindo em melhorar o ambiente Cloud disponível, e acabou de lançar um novo ambiente com o mínimo de 1 OCPU, a um custo de USD 75,00 mensais.

Citizen Developer:

Este novo conceito nasceu de uma percepção da Oracle.

Por isso, várias ferramentas foram disponibilizadas, reduzindo ao máximo a necessidade de desenvolvimento durante a implantação.

A Oracle está incentivando a formação de “citizen developers” entre parceiros, pois é esperado que estejam mais preparados e assertivos para qualquer tipo de desenvolvimento, pois estão mais próximos dos clientes, e consequentemente do problema.

Para facilitar a adoção desta nova abordagem, as antigas customizações foram classificadas em:

Outbound Inventory Management:

a) Personalizações :

Podem ser feitas pelo próprio usuário, como: criação de queries, formatação de grades, watchlists, favoritos e desenvolvimento de alguns relatórios utilizando a ferramenta OneView Report (OVR);

b) Configurações :

Que podem ser feitas também por usuários, mas com um grau maior de conhecimento, usando as ferramentas de IoT Orchestrator, Page Composer, Cafe1, Hover, OVReports, e o modo Kiosk; Page Composer, é uma nova ferramenta que permite montar novas telas do JD Edwards, combinando aplicações já existentes, URLs, OneView Reports e as antigas E1 Pages (Welcome Pages) em uma única tela do sistema. Esta nova página aparece disponível, em abas, na tela de entrada do Sistema. O usuário pode compor quantas páginas julgar necessária. Lembra das antigas E1 Pages, que precisávamos montar arquivos textos, quase traduzindo os fluxos que queríamos em uma linguagem passível de ser transformada em HTML? Esqueça! Tudo agora é clique e drop, atavés da Page Composer.

O modo Kiosk é uma maneira simplificada de utilizar o sistema. Funciona para usuários que apenas terão uma ou poucas funções dentro do sistema. Com este modo, todas as informações que não serão utilizadas “desaparecem” da tela, deixando-a o mais simples possível.

C) Customizações

Estas sim, precisarão de desenvolvedores e o ideal é cada vez mais, construir aplicações sobressalentes ao JD Edwards, que dependam o menos possível das ferramentas disponíveis no Sistema, utilizado tecnologia Java, JET, MAF (aplicações mobile) e .NET. E entre os novos módulos, temos:

Um módulo criado para tratar o estoque da sua companhia em terceiros, e pode ser utilizado tanto em operações de consignação (que é uma realidade para o Brasil) ou não. Este módulo permite que o usuário JDEdwards crie um documento de saída que representa a remessa da mercadoria ao terceiro; registre o recebimento do produto no armazém do mesmo terceiro e depois, à medida em que a mercadoria é vendida, é possível a partir da remessa realizada “transformá-la” em um pedido de venda a ser faturado contra o ciente. Todos estes documentos estão baseados em um documento de “agreement” registrado no sistema.

No futuro, o recebimento do armazém de terceiros passará a ser feito através do EDI, minimizando o trabalho de cada usuário para registrar o material recebido.

Work Center Load Review Calendar:

Menos que um módulo, esta é uma nova funcionalidade dentro da Suite de Manufatura que irá, visualmente, permitir ao usuário checar as Ordens de Produção planejadas versus sua capacidade de produção e alterá-las e/ou remanejá-las de data.

One View Financial Statement:

Esta é uma nova funcionalidade para os usuários que já possuem ou irão licenciar o OneView Report Financeiro.

Este novo módulo define modelos de linhas/colunas para as informações que serão exibidas no relatório. Quem utilizou o FASTR no WorldSoftware ou os Relatórios Financeiros no E1, irá reconhecer este legado no OVFS.

A combinação destas definições irá gerar um novo relatório, cujo layout poderá ser modificado.

Advanced Job Forecasting:

Módulo específico criado para a indústria de construção com funcionalidades mais avançadas para a elaboração e acompanhamento do orçamento de um determinado projeto. Todas estas melhorias estão disponíveis a partir da Tools 9.2.0.2, de preferência a ser instalada na versão 9.2 da aplicação.

O que o futuro nos reserva:

  1. IOT :  Deve tornar-se realidade para empresas que precisam monitorar equipamentos, acompanhar entregas e medir perfomance de máquinas.
  2. Wearables : Cada vez mais deve se tornar uma realidade para empresas que precisam monitorar seus equipamentos, acompanhar entregas e medir performance de máquinas, por exemplo. Pessoas que trabalham fora do escritório estão sendo incentivadas a utilizar equipamentos que consigam transmitir informações valiosas diretamente ao Sistema, sem que haja necessidade de que elas voltem ao escritório para algum tipo de atualização manual ao sistema. Já existe uma empresa na Austrália, no ramo de criação de gado, que controla seu sistema usando smartwatches.
  3.  Modern User Interface : Com a facilidade de criação de novas páginas e telas no Sistema JDEdwards, este é um futuro que já está batendo à nossa porta, e já podemos tomar partido destas melhorias.
  4. Data Discovery : Uma pesquisa avançada dentro do Sistema JD Edwards está sendo desenvolvida para que, a partir de uma busca simples, por exemplo, de uma cadeia de caracteres, seja destacada na tela de entrada do sistema, qualquer informação relacionada ao texto pesquisado: clientes e fornecedores incluídos no Cadastro Geral, aplicações disponíveis, entre outros.
  5. Joint Venture Management : Novo módulo que está sendo desenvolvido para auxiliar corporações que formam uma Joint Venture. Considerando, nas suas operações, o percentual de participação de cada empresa na Joint Venture formada.
  6. Cognitive Computing : Como fazer que o computador comece a “pensar” como um humano. Esta é uma iniciativa desafiadora que a Oracle está enfrentando. Para tornar isto realidade, já iniciou uma parceria com a IBM.

Palavras finais sobre o Oracle Jd Edwards summit:

Além disso, a mensagem do Lyle  Ekdahl, Senior Vice Presidente – JDEdwards Oracle, é que vamos continuar nos movendo.

É o que ele chamou de “Shark Theory”.

“Descobrir onde vamos apostar nossas fichas: se em nichos de mercados mais específicos, onde nossas vantagens são reconhecidas; ou se temos que mudar a regra do jogo, para apresentar ao cliente competitividade além dos nossos concorrentes. “

Simone Taveira
Diretora de Serviços
MPL CORPORATE SOFTWARE

1408, 2017

3 dicas para a sua empresa começar a jornada digital.

agosto 14th, 2017|0 Comments

A nova realidade que as empresas enfrentam é apenas uma: ou se adaptam aos novos consumidores, modelos e processos de negócios e tecnologias, ou irão desaparecer.A transformação digital não começou ontem. Ela vem de um […]

2707, 2017

Conheça a nova funcionalidade do JDEdwards 9.2: One Light Touch!

julho 27th, 2017|0 Comments

Os processos de produção de um produto, ou a organização das tarefas de um funcionário, tem muito em comum nas suas ações. Ambos dependem da visão 360º do gestor dentro do processo para que as […]