Conheça a metodologia Uncommon Service:

“Você está atendendo a demanda de seus clientes por excelentes serviços e garantindo suas margens de rentabilidade ao mesmo tempo?

Se esse não é o seu caso você está em grande desvantagem.

E essa desvatagem te faz perder oportunidades de construir um negócio sustentável, lucrativo e com excelência.

Tendo essa provocação como tema central, duas professoras de Harvard Business School, Francis Frei e Anne Moris, desenvolveram a metodologia Uncommon Service.

A Metodologia Uncommon Service defende que as empresas devam se “atrever a serem ruins” em alguns aspectos.

Apenas sendo “ruim” em algumas aspectos se elimina áreas ou atividades onde possuam baixo desempenho, enquanto focam e potencializam outras.

Em outras palavras, as empresas devem focar nos atributos realmente valorizados pelos seus clientes e não aqueles que pensam que são importantes para eles.

Como aplicar o Uncommon Service:

A Metodologia contempla técnicas e ações de potencialização da prestação de serviços, agregada ou não a venda física de produtos, e a partir de análises da percepção dos atributos de valor reconhecidos pelos clientes, de pesquisas comparativas da concorrência e o do desenvolvimento de planos específicos de otimização e mudança.

É especialmente interessante essa abordagem, dado que até pouco tempo quando se pensava em projetos para melhoria de serviços, considerava-se principalmente a implementação de sistemas de informação para suporte ao serviço prestado e a capacitação dos recursos humanos associados.

Essa nova área de oportunidade de melhoria, potencializa elevações do serviço prestado pelas empresas para um degrau acima.

Esse aspecto é especialmente importante na atual economia mundial, como obviamente o Brasil se insere, onde o segmento de serviços aumenta sua participação no PIB, ano após ano. Um dos casos apresentados no livro Uncommon Service é o do Magazine Luiza, que é tratado como “vencedor por desafiar a sabedoria convencional sobre a capacidade dos seus clientes. O sucesso da empresa está associado ao sistema de gerenciamento de cliente que foi projetado para o seu mercado-alvo não convencional: pobres, clientes sem conta bancária, que muitas vezes não são alfabetizados”.

Os Resultados do Uncommon Service:

Potencializar suas fortalezas relacionadas com os atributos valorizados e percebidos pelos seus clientes durante a experiência no relacionamento.

Listar os atributos percebidos pelos clientes e classificá-los por importância muitas vezes provoca surpresas, dado que são identificadas “ofertas de valor”, assim imaginadas pela empresa, que são custosas em tempo e dinheiro, porém, não necessariamente percebidas como valor oferecido por quem as está utilizando.

Como a inovação e a busca constante pela melhoria nos nossos processos está sempre presente na MPL, a confrontação dessa metodologia nos serviços do Suporte-fix, área de Outsourcing da MPL para auxílio remoto a usuários finais ao Sistema de Gestão Empresarial ORACLE, foi uma decisão natural.

“Com sua experiência única no mercado, aliada à metodologia Uncommon Service, a MPL vem realizando um trabalho inovador no Suporte-fix de forma a estar mais aderente às expectativas dos nossos clientes”, afirma Luiz Fernando Carvalho Gerente de Operações Suporte-fix. Esta mesma experiência está sendo levada as demais áreas de negócios da MPL.

Confira o ranking dos atributos mais valorizados pelos clientes Suporte-fix:

uncommon service tabela

Conclusão:

“Em recente pesquisa junto à nossa base de cliente, verificamos que a MPL vem atendendo plenamente mais de 90% dos atributos mais valorizados por nossos clientes, porém não nos demos por satisfeitos e estamos implementando novas práticas em nosso processo de trabalho a fim de buscar cada vez mais a Excelência na prestação de serviços”, complementa Luiz Fernando.

Quer saber mais a respeito do Uncommon Service? Acesse o site http://uncommonservice.com.

1804, 2017

E-procurement – 3 motivos para essa tecnologia fazer parte do seu dia a dia.

abril 18th, 2017|0 Comments

Prazos apertados, forte pressão por redução de custo, necessidade de avaliar a qualidade dos mais diversos fornecedores, orçamentos restritos dificultando ainda mais as negociações.

Esses são apenas alguns dos desafios que as áreas de Suprimentos enfrentam […]

2103, 2017

Computação em nuvem – Como a Oracle Cloud Brasil vai revolucionar seu processo de negócio.

março 21st, 2017|0 Comments

A solução Oracle Cloud Brasil está totalmente alinhada a  nova era tecnológica quevem mudando gradativamente a gestão de empresas, pessoas, custos e processos de negócio, a era cloud.

Com o auxílio de diversas tecnologias analíticas, componentes […]

702, 2017

Gestão da cadeia de suprimentos – Como inovar para sua Indústria.

fevereiro 7th, 2017|0 Comments

De acordo com indicadores e estudos realizados recentemente, as indústrias de manufatura vem investindo fortemente na criação de novos produtos, como instrumento de manutenção da competitividade.

O processo, desde a concepção até sua disponibilização do mercado […]

2501, 2017

Versão da NF-E 4.0 será homologada em 2017.

janeiro 25th, 2017|2 Comments

A NF-E 4.0 será uma atualização feita diante às necessidade de alterações constantes que acabam se acumulando, e demandando uma nova versão nacional.

Isso acontece por quê a Secretaria da Fazenda traça, de tempos em tempos, pequenas […]